Martin Jacobson campeão WSOP Main Event 2014

Estávamos nas primeiras horas desta manhã, ou nas últimas horas da noite passada, ou por volta da hora de almoço - dependendo do local do Mundo onde estivesses a assistir - quando Martin Jacobson ganhou o Main Event das WSOP. Todo o mundo do poker estava sintonizado nos últimos níveis quando, apesar de as odds inicialmente desfavoráveis, Jacobson triunfou com uma performance que será recordada ao longo de gerações.

Pode ter sido uma surpresa para quem assistia na televisão, ou pessoalmente no Rio Hotel, que este jovem sueco tenha transformado uma short stack em 10 milhões de dólares, mas não tanto para quem segue regularmente o European Poker Tour. Mesmo com as stacks à sua volta a fazerem sombra sobre a sua, sabiam que Jacobson dificilmente seria o tipo de jogador que se resignaria com o que quer que os deuses do poker tivessem reservado para si. E de facto, não se resignou e o que lhe sucedeu ao nascer do sol foi algo que jamais esquecerá.

Martin Jacobson_3_wsop_12nov14.jpg

Primeiro foi ultrapassando aqueles que pensavam poder garantir um prémio maior assim que a sorte de Jacobson acabasse. Depois, uma mão crucial, um double-up, que pareceu catapulta-lo para uma órbita superior e uma trajectória que o colocaria direitinho no dia final, na acção three-handed.

E tanto assim foi que Jacobson é o mais recente campeão das WSOP.

É o novo momento mais alto de uma carreira que começou em 2008, quando Jacobson alcançou a sua primeira mesa final no EPT Budapeste. Aí terminaria em 3.º lugar, emergindo como mais um jovem sueco a integrar a vasta geração de elite de jogadores escandinavos.

O que se seguiu foi uma série de inacreditáveis "quases", que incluiu o posto de vice-campeão no WPT Venice em 2009, o 4.º lugar num evento WSOP em 2010 e o estatuto de vice-campeão no EPT Vilamoura desse mesmo ano. E novamente no EPT Deauville, uns meses mais tarde. Nessa altura, todos perdoariam Jacobson se este pensasse que os títulos e troféus eram inalcançáveis para si, talvez até mesmo quando integrou os November Nine, sabendo das dificuldades que sempre aguardam a segunda stack mais pequena da mesa.

martin_jacobson_1_wsop_12nov14.jpg

Mas Jacobson nunca foi de atirar a toalha ao chão. E todos os "quases" que referimos são a prova disso. Nunca ninguém o viu perder a postura irrepreensível. E agora entra numa nova fase da carreira, onde terá de contar a mesma história vezes e vezes sem conta. Agora sabe qual vai ser a primeira pergunta de qualquer entrevista que dê até ao final da carreira. Mas será que algum campeão das WSOP alguma vez se incomodou com isso?

E enquanto esta vitória o coloca no pináculo do jogo, há um certo sentimento de "agradável culpa" entre todos os que acompanhamos o European Poker Tour, pois sabemos que vamos vê-lo novamente a jogar junto a nós muito brevemente. E nesse sentido, é um sabor a vitória para qualquer pessoa que acompanhe o circuito.

Martin Jacobson_2_wsop_12nov14.jpg

E é aí que esperamos que obtenha aquele outro título, quele que tantas vezes esteve perto de conseguir. Pelo menos, agora, terá afastado todos os fantasmas que o pudessem atormentar e sabe que nada o poderá impedir de alcançar sucessos atrás de sucessos.

O poker tem em Martin Jacobson o seu novo Campeão do Mundo. E não é que o título não tenha assentado bem aos campeões anteriores, mas dificilmente assentará melhor a qualquer outro jogador.

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo