PPS Espinho - Dia 1 - Níveis 1, 2, 3 e 4: Actualizações

ps_news_thn.jpg

NÍVEL 4 - Blinds: 100-200

18.30:: Mais um intervalo

E desta vez não vou ao parquímetro! Já meti moedas que cheguem para não ter surpresas desagradáveis até ao fim do dia, pelo que vou mas é aproveitar para tomar o pulso aos jogadores naquela espécie de "Mega Fórum de Estratégia" em que se torna a entrada do salão em cada pausa.

O próximo nível será colocado num novo post!

18.20: Quem mandou meter-se com um vice-campeão do Mundo?

Um jogador estrangeiro anuncia raise e Cristiano "crispoker10" Oliveira dá call para ver o flop T♠A♠9♦. O raiser inicial apostou 650 e recebeu novo call do português, que lhe aplicou um re-raise para 3.200 à sua aposta de 1.600 perante o K♦ no turn.

O estrangeiro pagou as fichas que faltavam e disparou 3.000 ao sair o 5♥ no river. Critiano avança all n de 9.500 e o rival dá call, confiante no poder dos seus dois pares de A♠K♣; Mas Cristiano Oliveira mostrou Q♥J♦ para sequência e recolheu o pote.

Provavelmente o jogador estrangeiro não sabia com quem se estava a meter, se soubesse que crispoker10 foi o vice-campeão do Evento #14 do WCOOP 2011, se calhar tinha sido mais prudente...

18.05: A farda do blogger, segundo Murphy

Diz a lei de Murphy que se o blogger vai fazer a cobertura ao vivo de um torneio vestido com mangas compridas, o ar condicionado está avariado e fica com um projector de luz em cima; Se for de mangas curtas, terá uma saída de ar condicionado a uns -5ºC mesmo em cima das suas costas.

Hoje aplica-se a segunda lei de Murphy...

18.00: O truque espanhol

Estava ali o Miguel Sarmento a contar-me a sua eliminação quando surge o Renato Almeida a dizer: "Um espanhol ensinou-me agora um truque". Sarmento respondeu que também acabara de fazer um truque mas que correu mal e antes de explicar ao Renato como foi eliminado há instantes com set-over-set, ouviu o relato do truque espanhol.

"Fiz three-bet com K-10 e ele deu call, deixando pouquíssimas fichas atrás. O flop trouxe um [t] carta mais alta e apostei o top pair, ao que ele soprou e perguntou 'Damas... Tens damas, não é?', como quem diz que só está a perder para damas e vai all in. Afinal tinha A-K. Fez-me bluff com o 'chat', o malandro".

17.30: Nível 4

Entramos no Nível 4 e as blinds sobem para 100-200. Restam, neste momento, 134 jogadores dos 143 iniciais. Às vezes pergunto-me como é possível "derreter" 15.000 fichas em tão pouco tempo. Mas é nesse momento que chego à conclusão que tenho andado a jogar poucos torneios ultimamente...

17.25: Malditos rivers!

"É sempre o river!" De tal forma que conheço muito boa gente que diz que se a board tivesse apenas quatro cartas, nunca perdiam.

Pois... Com certeza que não é bem assim, mas estes dois exemplos que vos deixo em seguida devem ter deixado os protagonistas a amaldiçoar com todos os dentes a quinta carta comunitária.

Primeiro foi Renato Almeida que, num flop 8♥J♣7♣ apostou 400 fichas, recebendo apenas um call dos restantes três jogadores envolvidos. O cenário repete-se no 6♥ do turn, com a diferença que, desta vez, Almeida apostou 1.025. Ao saltar o 9♣ no river, o adversário de Almeida sai a disparar 2.300 com K♣8♣ para flush no river, que destruiu a sequência obtida no flop por Renato Almeida com o seu 9♦T♠.

Noutra mesa ali perto, Carlos Branco acabou a dar call a um all in de 12.000 fichas pré-flop com K♠K♥, apanhando o seu adversário dominado com o seu A♠K♦. À medida que as cartas 7♥7♠3♣ 8♠ foram saindo, Carlos sorria... Quando saiu o A♦ no river, como é um rapaz que até já provou ter estômago para andar nisto, continuou a sorrir enquanto recontava a sua stack, agora reduzida a 15.000 fichas.

Não sei porquê, sobretudo a primeira destas duas mãos, faz-me lembrar este anúncio da PokerStars...


NÍVEL 3 - Blinds: 75-150

17.25: Poker... criativo!

Depois de um raise de Humberto Viegas, João Nunes anuncia-reraise e Viegas dá call. O flop traz Q♥7♥2♦ e é aqui que começa a critividade... Ainda o flop não saíra e já Viegas fazia check para, depois, anunciar raise para 3.500 perante as 1.500 fichas que Jomané lançou para a mesa. O Team PokerStars Pro deu call e, ao sair o T♣ no turn e vendo que Viegas voltara a fazer check ainda antes de ver a carta, optou por também passar.

É assim que ambos vêem o 8♦ a cair no river. Aliás... Viegas nem o vira ainda e já estava a fazer check. Então o Team PokerStars Pro aposta 3.000 fichas e recebe o chamado "insta call para muck" ao mostrar os seus K♦K♠. Viegas ainda recuperou a mão e mostrou um par de noves...

17.15: All in e call... Player out!

Foi o que ouvi numa mesa lá ao fundo, onde acorri ao ver André Moreira a levantar-se. Depois de ter feito raise no botão, o jogador na big blind anunciou all in e André pensou que poderia tratar-se de um "re-steal", dando call das suas últimas 7.500 fichas com A♣9♠... Mas não era! O adversário apresentou A♦K♣ e depois de a board trazer J♦6♥T♦6♠6♣ André Moreira estava fora do torneio.

17.10: Números oficiosos

Ainda não recebemos aqui números oficiais nem valores de prémios, mas captei aqui uma informação que pode ajudar a matar um bocadinho a curiosidade até os valores estarem calculados. Ao que parece, após o fecho das inscrições haviam-se registado 143 jogadores!

17.00: O livro aberto de Nuno Coelho

Apanhei a acção com cerca de 1.600 fichas na mesa e o flop a mostrar K♦J♣5♣. Os intervenientes, novamente Nuno Coelho e o senhor que há pouco bateu o seu par de quinas. E a verdade é que o Team PokerStars Pro continua a lê-lo como se fosse um livro aberto.

Depois de o rival apostar 1.000 fichas, Coelho olhou-o, franziu o sobrolho e deu call. O turn trouxe o 6♣, deixando na mesa uma possibilidade de flush e ambos fizeram check. Tal como no 5♠ do river. O adversário mostrou 9♠9♥ e a leitura de Nuno Coelho chegou para, mais uma vez, recolher o pote com o seu A♦J♠.

Com isto, o Team PokerStars Pro Nuno Coelho anda na casa das 18.000 fichas.

16.30: Prova superada!

O parquímetro está "alimentado" e o vosso blogger já aqui está, mesmo a tempo de assinalar o recomeço do torneio. Entramos no Nível 3 e as blinds sobem para 75-150.

NÍVEL 2 - Blinds: 50-100

16.15: Primeiro intervalo: Uns descansam... outros não!

Ou seja, os jogadores gozam a sua primeira pausa de 15 minutos deste dia; O blogger vai a correr ao carro meter mais umas moedas no parquímetro antes que aqueles senhores que costumam andar pelas ruas com os carros dos outros ao arrasto se lembrem de fazer das suas!

A viatura ainda está relativamente longe... Ó pernas, para que vos quero!

16.05: Nunes apanha Miguel Almeida a tentar um bluff...

O Team PokerStars Pro abriu em raise para 250 UTG+2 e recebeu call de Miguel Almeida na posição seguinte e do jogador na big blind. O flop trouxe 5♥3♦T♣ e João Nunes carregou mais 675. Call de ambos os jogadores.

Quando o turn apresentou o J♣ e Nunes apostou 1.575, apenas Miguel Almeida permaneceu na mão. Ao sair o J♦ no river, Nunes optou por, prudentemente, fazer check e viu Almeida apostar 2.025.

"Acho que a tua mão não chega, pois fizeste uma aposta muito fraquinha... Mas vou dar só call", explicou João Nunes enquanto pagava com K♣K♦ para recolher o pote perante o A♣2♣ de Almeida.

_MG_5442_João_Nunes_EPT7VIL_Neil_Stoddart2.jpg

João Nunes

15.55: As leituras de Nuno Coelho

A faceta de bom leitor de Nuno Coelho é por demais conhecida por todos e o Team PokerStars Pro acaba de dar mais uma prova da mesma. Depois de o jogador UTG e um outro no botão fazerem limp, Coelho subiu para 250 e recebeu call de ambos. O flop trouxe J♥5♣3♠ e todos fizeram check, assim como ao sair o A♥ no turn. Quando o river apresentou a Q♦, Nuno Coelho saiu a apostar 500, o jogador UTG desistiu e o botão subiu a parada para 1.250.

Coelho suspirou, mostrou o seu 5♠5♦ ao jogador UTG e disse: "Olha só para isto! Com trio não apostei e fui perder para K-10"... Depois vira-se para ojogador do botão e diz: "Estas são oferecidas", enquanto exibe as fichas com que acaba por fazer call para confirmar K♣T♣ na mão do adversário.

15.35:...e o Triângulo das Bermudas!

A "Curva da Morte", por sua vez, insere-se no que é uma espécie de Triângulo das Bermudas! Os três Team PokerStars Pros nacionais estão em mesas separadas (o que é sempre bom para não causar "baixas por fogo amigo"), mas todas ao pé umas das outras. Se me colocar ali sossegadinho no meio daquele triângulo consigo estar sempre a "morder" o que está a acontcer aos três.

É bom, para variar! Não podem estar sempre a tramar o blogger colocando um em cada ponta da sala... Sinto-me como um jogador de poker em all in para um pote gigante com apenas dois outs e a pedir "uma vez na vida" instantes antes de ver um dos seus dois outs pintar no river! A diferença é que, nesto caso, não estou a aplicar uma bad beat a ninguém!

15.25: A Curva da Morte...

Ali na Mesa 11 está quilo a que se pode chamar a "Curva da Morte". Depois da chegada do Team PokerStars Pro João Nunes, ficaram sentados, todos de seguidinha, o próprio Jomané, Miguel Almeida, Luís Rodrigues e Filipe Pacheco. Recordo que recentemente o Miguel Almeida esteve na mesa final do Sunday Million!

Já viste essa mesa final? Não me digas que não sabias que todas as semanas os nossos companheiros da PokerStars.tv te preparam um resumo da mesa final do Sunday Million? Ok, por esta escapas! Mas que isto não se repita! ;)

Entretanto, a título de exemplo, podes ver precisamente a mesa final onde o Miguel "miguel18" Almeida esteve presente:

15.15: Novo nível

Acabamos de entrar no Nível 2 do torneio. As blinds sobem para 50-100, o que pode agitar um pouco mais as águas. Ou não... Com blinds a 50-100, as 15.000 fichas iniciais ainda representam 15 big blinds.

NÍVEL 1 - Blinds: 25-50

15.00: Qualidade não falta!

Após uma primeira volta pela sala, já dá para constatar que qualidade é coisa que não falta neste torneio. Além dos Team PokerStars Pros Nuno Coelho e Henrique Pinho ("já joguei duas mãos, ganhei as duas... Nada de especial"), também andam por cá jogadores como João Costa, vencedor do evento da Figueira da Foz, em Junho.

Após uma breve ponderação entre a Mesa 10 e a Mesa 13, decidi atribuir o epíteto de "Mesa da Morte" à do número do azar. Não por ser o número do azar mas porque nela se encontram o líder da Tabela de Líderes das PPS e 2.º classificado na Etapa #2, Henrique Custódio, juntamente com Hugo Félix, que segue no grupo de quartos classificados a apenas 7 pontos de "Hencus". A completar o ramalhete temos Victor Moreira, que soma um bom punhado de grandes resultados em torneios ao vivo em Portugal e Rui Milhomens, 6.º classificado do EPT Londres na 6.ª Temporada!

A Mesa 10 também era uma forte candidata a "Mesa da Morte". Nela estão, além de Cláudio Coelho e do Team PokerStars Pro Henrique Pinho, Paulo Baganha - campeão da TLB do Iberian Championship of Online Poker - e Rui "RuiNF" Ferreira, que no espaço de pouco mais de uma semana obteve um 3.º lugar no Sunday Warm-up e um título de vice-campeão do Super Tuesday.

Outras caras que dispensam apresentações são João Correia, Miguel Lobo, Catarina Santos, Carlos Oliveira, Sérgio Almeida, João Ferreira, Luís Barbosa, Renato Almeida, Miguel Almeida, Luís Rodrigues, Filipe Pacheco, André Moreira, Guilherme Soares e Paulo Nunes.

Ah! E agora sim, o "ramalhete" está completo! Acaba de entrar na sala o Team PokerStars Pro que me estava a faltar nas contas: João Nunes!

14.40: Bem-vinda, Teresa!

Apresento-vos a Directora de Torneio da etapa de Espinho das PPS. Senhoras e senhores, é nada mais nada menos do que Teresa Nousiainen, a finlandesa que este ano é também a responsável máxima dos eventos do PokerStars European Poker Tour!

Teresa_Nousiainen.jpg

Teresa Nousiainen

14.15: Shuffle up and deal!

Com um ligeiro atraso em relação à estimativa inicial, as cartas já voam neste momento e as fichas rolam pelas mesas. Está dado o tiro de partida da terceira etapa das PokerStars Portugal Poker Series em Espinho!

A sala está, digamos, compostinha e há que contar ainda com os jogadores que se encontram na fila do check-in e com os retardatários, que preferem chegar mais perto do final do segundo nível. Portanto, prognósticos só lá mais para a frente, mais ou menos como dizia o outro!

Por falar em níveis, os jogadores vão disputar níveis de 60 mintuos, durante os quais terão de dar o melhor uso às suas stacks iniciais de 15.000 fichas. As Blinds começam em 25-50. Boa sorte a todos! Vou dar uma volta pela sala para ver quem anda por aí...

13.30: Vamos a isto!

Olá a todos! Estamos no Casino de Espinho para vos levar a cobertura ao vivo da terceira e última etapa de 2011 das PokerStars Portugal Poker Series. A "nata" dos jogadores nacionais de poker está presente no Norte do País para disputar este torneio de €700 + €70 de buy in que, espera-se, virá a dar origem a um dos maiores preizepools da história do poker nacional.

Ao longo de várias semanas, jogadores de todo o Mundo qualificaram-se diariamente para este evento que, além do prémio em disputa, terá ainda a aliciante de definir o campeão da Tabela de Líderes das PPS. Neste momento, Henrique Custódio, vice-campeão das PPS Figueira, ocupa o primeiro lugar com 58 pontos, mas é seguido de muito perto por Luís Barbosa (54), Luís Cepa (52) e por um quarteto composto por Eduardo Ferreira, Hugo Félix, José Passos e Pedro Daniel, todos com 51 pontos.

Se Custódio fosse o "fugitivo" desta etapa, diria que este quarteto compõe o grupo perseguidor e à cabeça do pelotão vem mais um conjunto de seis jogadores, todos com 48 pontos, onde se inclui o vencedor da etapa da Figueira da Foz, João Costa, e também o Team PokerStars Pro Henrique Pinho.

_MG_5461_Henrique_Pinho_EPT7VIL_Neil_Stoddart4.jpg

Henrique Pinho

Dentro de sensivelmente meia hora será dado o tiro de partida para este torneio no Casino de Espinho. Já sabes que a cobertura ao vivo aqui do Blog da PokerStars é aquela que te dá todos os pormenores, mesmo aqueles que vão para além do river. Por isso, fica por aí e vai martelando furiosamente a tecla F5 enquanto eu, deste lado, martelo furiosamente todo o meu teclado e só lhe dou uns breves instantes de descanso enquanto ando por entre as mesas à procura das melhores histórias deste torneio!

Ah! E não sejas egoísta! Partilha esta ligação com os teus amigos no Facebook, no Twitter ou em qualquer outra rede social da moda que gostes de usar!

Espinho_2_(Portugal).jpg

Casino de Espinho

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo