EPT10 Deauville: Sotirious Koutoupas bate Katchalov no heads-up e é o primeiro campeão grego

Entre 671 jogadores há inúmeras histórias valiosas. O resumo final de um grande torneio pode tornar-se desesperadamente curto. Mas desde uma fase incrivelmente inicial do EPT Deauville da última semana, duas histórias em particular destacaram-se das demais e duraram até cair a última carta da última mão.

Eugene Katchalov era um de uma mão cheia de Team PokerStars Pros que viajaram até ao norte de França, mas parecia unicamente determinado em conquistar a sua Triple Crown. Enquanto isso, Sotirios Koutoupas, que foi vice-campeão atrás de Ramzi Jelassi em Praga, há uns anos atrás, contava-nos como estava determinado em tornar-se no primeiro grego a vencer um EPT.

Pois, após partirem 669 jogadores, incluído seis da mesa final no Casino Barriere, restavam Katchalov e Koutoupas na luta pelo título, €614.000, um exclusivo relógio SLYDE e a conformação das suas ambições. Era absolutamente uma pena que um deles tivesse de ficar pelo 2.º lugar.

No final, foi Katchalov quem ficou à beira do seu objectivo, incapaz de travar o imparável momento de forma de Koutoupas. O grego, de 31 anos, partiu ases duas vezes e partiu de trás em inúmeras ocasiões, incluindo na cruel mão final contra Katchalov. Mas chegou à mesa final como chip leader e nunca se rendeu. Quando colocava as suas fichas, sabia que ia recolher muitas mais.

Após uma longa caminhada até à final, isto, meus amigos, é como se ganha um torneio de poker.

"Estava na minha hora. Era a minha vez de ganhar", disse Koutoupas. "Tive muita sorte hoje, nalgumas situações, mas é poker. Tudo correu de feição para mim".

wrap_sotirios_koutoupas_scarf_ept_winner.jpg

Sotirios Koutoupas: Primeiro campeão grego do EPT

Katchalov, claro, também teve uma boa parte nesta história. Admitiu que a conquista da Triple Crown esteve sempre na sua mente, mas teve um extraordinário fair-play no momento da derrota. "Sei o quão difícil é ganhar um torneio", assumiu Katchalov. "Estou satisfeito com o 2.º lugar. Deu-me muito dinheiro para sarar as minhas feridas". Foram €379.500, para sermos precisos.

wrap2_eugene_katchalov_ept10_deauville_day6.jpg

Eugene Katchalov

A acção tivera início ao meio-dia, hora local, no Casino Barriere. Os espectadores tinham a possibilidade de escolher entre duas mesas finais a que podiam assistir: esta ou a do €10.000 High Roller. E, por algum motivo, a maioria das cadeiras voltaram-se para a mesa do Main Event, com Katchalov no centro das atenções.

final_table_players_ept10_deauville_day6.jpg

Mesa final: Atrás (esq-dir): Harry Law, Carlo de Benedittis, Eli Heath, Anthony Lerust, Rustem Muratov. À frente (esq-dir): Oliver Price, Eugene Katchalov, Sotirios Koutoupas

Chegados ao heads-up, Koutoupas detinha uma vantagem de cerca de dois para um e continuou simplesmente a aplicar pressão sobre Katchalov e a ser abençoado pelos deuses do poker. Numa série de embates inevitáveis, Koutoupas simplesmente terminava com a melhor mão e Katchalov não tinha nem uma brecha para respirar.

Mesmo quando Katchalov foi com A♠K♣ contra um A♥3♠ de Koutoupas, só podia haver um vencedor. O flop trouxe 3♦3♥5♣ e Katchalov não conseguiu obter um runner-runner miraculoso.

"Tudo esteve do meu lado hoje, mas não dei um único suckout a ninguém em todos os outros cinco dias de torneios", disse Koutoupas. "Todas as coisas boas aconteceram-me hoje".

wrap_koutoupas_celebrates.jpg

Koutoupas: «Tudo esteve do meu lado»

Mais uma vez, diga-se, Katchalov saiu de cabeça erguida e com nível. "Houve, com certeza, uma ou outra bad beat, os ases e o Ás-Rei, e sem dúvida que é doloroso perder com a mão que tinha no final. Mas está tudo bem. É poker", disse Katchalov. "Ando nnisto há algum tempo e já o vi acontecer milhões de vezes. Também já o fiz a outras pessoas. É mesmo assim".

Por sua vez, Koutoupas resumiu: "Acho que joguei de forma inteligente durante todo o torneio, procurando aumentar a minha stack a cada dia que passava. E sabemos o quanto isso é difícil entre tantos bons jogadores que têm exactamente o mesmo objectivo".

Quanto a Katchalov, tem agora um 3.º lugar e um 2.º em duas visitas a uma mesa final do EPT. Ganhará na próxima? "É isso mesmo que estou a pensar. Quero melhorar o meu resultado de hoje, por isso espero que aconteça na próxima vez".

E a próxima vez será em Viena, no final do próximo mês. Vemo-nos por lá!


EPT10 Deuaville Main Event: Resultados da Mesa Final
Data:
26 Jan - 1 Fev 2014
Buy-in: €5.300
Jogadores: 671
Prizepool: €3.211.200

1 - Sotirios Koutoupas, Grécia, €614.000
2 - Eugene Katchalov, Ucrânia, Team PokerStars Pro, €379.500
3 - Oliver Price, Reino Unido, PokerStars player, €271.200
4 - Eli Heath, Reino Unido, PokerStars player, €207.800
5 - Harry Law, Reino Unido, €164.600
6 - Rustem Muratov, Rússia, €128.200
7 - Carlo De Benedittis, Itália, PokerStars qualifier, €93.000
8 - Anthony Lerust, França, €63.900

Podes ler o resumo completo da mesa final (em inglês) no PokerStars Blog internacional, assim como recordar os seis dias de cobertura ao vivo.

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo