Martin Schleich vence épica mesa final no EPT Barcelona e conquista $850.000

ept-thumb-promo.jpgO European Poker Tour conheceu esta noite um novo campeão quando Martin Schleich, da Alemanha, arrecadou o título, o troféu e os €850.000 do primeiro prémio após o que se tornou numa colecção de recordes no que diz respeito a poker em Espanha.

No final de um dia épico a todos os níveis, o A-9 de Schleich revelou-se suficiente para abater o resto da resistência colocada por dragan Kostic, de Espanha. Já nem era preciso, mas Schleich obteve um 9 no river para selar o EPT Barcelona por volta das três horas e meia da manhã!

Martin_Schleich_EPT8BAR_winner.jpg

Martin Schleich, vencedor do EPT Barcelona

O vice-campeão Kostic defraudou as expectativas de todos, e não menos as suas, ao terminar em 2.º lugar, naquele que foi o melhor resultado da sua carreira mas não se concretizou no primeiro triunfo espanhol no EPT, como todos os seus compatriotas desejavam.

dragan_kostic_ept8_bar_ft_wrap.jpg

Vice-campeão, Dragan Kostic

Tanto ele como Schelich, um chip leader ao longo de toda a semana, colocaram o empenho e esforço necessários para bater o field, bem como a capacidade mental para aguentar as longas horas deste dia.

A fadiga entre os jogadores era óbvia mas também fez mossa entre os espectadores. Um deles griyou para Schleich no momento em que soaram as doze badaladas: "Martin, já chega!", implorou numa última tentativa de levar o seu homem a arrumar com a questão de uma vez por todas.

the_crowd_ept8_bar_ft_wrap.jpg

Espectadores em acção

Mas aqueles que assistiram ao que se passou no palco da sala de torneio do Gran Casino Barcelona tinham ido para assistir à verdadeira história do dia, que ficou não se sabe aonde. Quando tudo chegou ao fim, não ficou mais do que uma sensação de anti-clímax...

Às 2:15 da madrugada em Barcelona, após mais de 13 horas de jogo, as esperanças de Eugene Katchalov conquistar a Triple Crown chegaram ao fim. O exausto Katchalov empenhou as suas últimas fichas escudado num par de setes. Schleich encontrou um par de noves na sua mão e deu call. Em tão tardia hora, a mão - um momento de entusiasmo - foi mais relevante como prova de que o tempo ainda não tinha parado.

eugene_katchalov_ept8_bar_ft_wrap.jpg

Eugene Katchalov

O dealer colocou o flop, sendo a primeira carta um sete que promoveu um enorme ruído na sala, até o resto do flop revelar um nove, desiludindo aqueles que procuravam testemunhar uma página da história do poker a ser escrita. Katchalov falhou o turn, falhou o river e falhou o emblema da maior honra do poker, saindo em 3.º lugar e recebendo €315.000.

Sem perder a imparcialidade, Katchalov foi o melhor jogador desta mesa final e, possivelmente, de toda a semana. Vê-lo foi como ver um homem no auge do seu jogo de poker, a jogar de uma forma que até convence que o observa de que é muito fácil. Nunca subestimou os adversários, começou a crescer com um bluff com um par de cincos no dia um e acabando a manipular tranquilamente os adversários do último dia.

eugene_katchalov_epy8_bar_ft_wrap2.jpg

Katchalov, 3.º lugar

Katchalov pode não ser o jogador mais esplendoroso de ver, nem o mais interessante ou emocionante. Mas o que se vê ao observá-lo é um talento único para o poker, quase sobre-humano, que já lhe valeu seis mesas finais só neste ano e que o colocará novamente no topo dos principais rankings esta semana.

Mas foi Schleich quem ergueu o troféu no final do dia, frente a uma assistência leal que não arredou pé desde que as portas abriram ao meio-dia.

Independentemente de todos os olhos estarem postos no Team PokerStars Pro, o triunfo de Schleich dá-lhe entrada automática na aristocracia do poker europeu, dominando uma mesa final que exigiu tanto de resistência como de talento.

Parece que já foi há imenso tempo que Isabel Baltazar partiu em 8.º lugar. A sua eliminação abriu uma longa mesa final, cujos resultados são os que se seguem:

1. Martin Schleich, Alemanha, €850.000
2. Dragan Kostic, Espanha, €532.000
3. Eugene Katchalov, Team PokerStars Pro, Ucrânia, €315.000
4. Raul Mestre, Espanha, €244.000
5. Tomeu Gomila, Espanha, €185.000
6. Saar Wilf, Israel, €145.000
7. Juan Manuel Perez, Espanha, €105.000
8. Isabel Baltazar, França, €73.000

the_finalists_ept8_bar_ft_wrap.jpg

Os finalistas

E assim chegou ao fim mais um grande evento do PokerStars European Poker Tour, com novos recordes estabelecidos, um novo campeão e a promessa de muito mais para vir. A terceira etapa desta oitava temporada chega numa questão de poucas semanas, quando o circuito assentar arrais em Londres. É de um EPT com lugar cativo para outro. A acção começa no dia 30 de Setembro.

Entretanto, caso não saibas, o EPT anunciou uma nova etapa em Loutraki, na Grécia. As qualificações começam ainda este mês, por isso fica atento para não perderes mais um grande evento do maior circuito do mundo do poker.

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo