WSOP 2015: Daniel Negreanu falha por pouco os November Nine

Já vi montes de favoritos. Já os vi de todos os tipos. Já vi heróis "da casa", superestrelas e histórias de encantar. Já vi montes de pessoas no rail por, aparentemente, acharem simplesmente que era o melhor que tinham para fazer nesse momento. Já vi de tudo.

Mas nunca tinha visto uma pessoa receber o tipo de apoio que recebeu Daniel Negreanu na última noite.

A dada altura, estavam mais de 200 fãs no Amazon Room e milhares a assistir online. Restavam 11 jogadores quando o relógio se aproximava velozmente da meia-noite e Negreanu tinha o mundo de olhos postos em si. Viam como fazia elevações no palco. Rejubilavam quando roubava as blinds e as antes. Aplaudiam quando conquistava um pote de qualquer tamanho. Independentemente de adorares ou detestares o tipo chamado Kid Poker, este homem tinha toda a gente a torcer pela sua presença entre os November Nine.

Daniel Negreanu_2015 WSOP_Event 68_Day 7_Thomson_T1_2210-thumb-450xauto-265462.jpg

Mas esse sonho e a multidão que atraiu terminaram esta noite, quando Negreanu "flopou" um par de ases com Ás-4. Short-stacked, precisava de um double-up se quisesse ter a oportunidade de ter margem de manobra na possível mesa final.ç Joe McKeehen tinha J♦3♦. Atingira no flop dois ouros e um gut-shot para sequência máxima. All-in, Negreanu precisava de evitar uma dama ou um ouro. O turn trouxe um ternos, dando mais alguns outs a McKeehen. O river trouxe a dama e Negreanu partia em 11.º lugar, com um prémio de $526.778, igualando o seu melhor resultado de sempre.

Daniel Negreanu _2015 WSOP_EV68_Day 7_Giron_8JG2854-thumb-450xauto-265464.jpg

A desilusão em toda a sala era evidente. Não só Negreanu era o favorito da multidão como é um dos jogadores de poker mais famosos do mundo. Não há como desconsiderar o impacto que a sua presença na mesa final teria para as WSOP. O homem encheu o Amazon Room de ilusão e, quando partiu, a alegria e entusiasmo foram com ele.

"Olha para isto a ficar às moscas", dizia um homem ao abandonar o Amazon Room. "Já ninguém quer saber disto para nada".

Isto não deslustra em nada os 10 que sobraram. Trabalharam no duro para chegar até aqui e a partida de Negreanu não deve beliscar o seu desempenho. Um deles será campeão das WSOP em Novembro e tornar-se-á num embaixador do poker em todo o mundo. E todos conquistaram o direito a estar aqui.

Mas isso não diminui, também, a desilusão de ver Negreanu partir. A questão é que ele já é um dos maiores embaixadores do poker e conseguiu-o sem nunca sequer ser campeão do Main Event. A sua legião de seguidores não queria isto apenas para eles ou para o poker. Queriam-no para o próprio Negreanu também.

"Isto é a pena que falta no meu chapéu", disse no início do dia. "É uma grande oportunidade. Não se tem muitas destas".

No final, ainda antes que os fãs, os media e o staff das WSOP caísse na realidade do que estava a acontecer, a gargalhada que é imagem de marca de Negreanu ecoou pelas paredes do Rio. Enfrentou as câmaras e os microfones e falou com o coração. A desilusão era óbvia, mas havia algo mais quando foi questionado se - como muitas pessoas acreditam - o poker precisava dele nesta mesa final. O seu tom de voz baixou por instantes...

"(Os Novemebr Nine) são a mesa final mais especial do ano. Acreditei que podia lá estar", disse. "Adoro promover este jogo. Amo este jogo. Devo-lhe muito. Vivi aqui, hoje, um dia de sonho e sem o poker não estaria aqui".

Mas agora, pelo menos esta parte - do sonho louco onde a maior superestrela do poker se apodera do maior palco para lutar pelo maior título - termina. Negreanu deixou o Rio nesta noite e as WSOP por mais um ano. Quem sabe quando - se é que alguma vez - voltaremos a ver uma multidão de pessoas a apoiar tão resolutamente um jogador num torneio de poker. Para muita gente, a desilusão vai durar bastante. Mas, para Negreanu, nada vai mudar...

"Não colo os meus resultados à minha autoestima. Por isso, quer ganhe ou perca no poker, sem bem quem sou", concluiu.

Obrigado pelo espectáculo, Daniel! Obrigado!

Entretanto, são já conhecidos os 9 finalistas que regressam ao Rio em Novembro para disputar a mais ambicionada bracelete do poker mundial. Eis os seus nomes, nacionalidades, total de fichas (e de big blinds).

1. Zvi Stern (Israel) 29.800.000 (74 big blinds)
2. Pierre Neuville (Bélgica) 21.075.000 (52)
3. Joshua Beckley (Estados Unidos) 10.800.000 (27)
4. Max Steinberg (Estados Unidos) 20.200.000 (50)
5. Thomas Cannuli (Estados Unidos) 12.250.000 (30)
6. Joe McKeehen (Estados Unidos) 64.100.000 (160)
7. Patrick Chan (Estados Unidos) 6.225.000 (15)
8. Federico Butteroni (Itália) 6.200.000 (15)
9. Neil Blumenfield (Estados Unidos) 22.000.000 (55)

2015 November Nine_WSOP.jpg


Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo