Evento #20 do WCOOP: Com o Dia 1 nos livros, o tubarão vai à caça

O No-limit hold'em é como sua primeira namorada, em quem você ainda pensará carinhosamente mesmo muitos anos depois de terminar com ela. Os jogadores de poker podem variar de no-limit hold'em a pot-limit Omaha, badugi ou jogos mistos – as outras mulheres que sucedem o amor original – mas haverá sempre um lugar para o no-limit hold'em nas mentes dos jogadores de torneios de poker ao redor do mundo. Este é o porquê de 13 de 33 eventos WCOOP serem alguma forma de no-limit hold'em.

O evento #20, como se pôde ver, foi um desses 13 eventos. Nada exagerado, nada fora do comum, apenas o simples, autêntico no-limit hold'em sem re-buys ou add-ons. O PokerStars estava tão confiante na força deste jogo que o Evento #20 - $1.050 No-Limit Hold'em contava com incríveis $3.000.000.

Há apenas um problema quando solicitamos que muitos jogadores disputem um único torneio online – ele tende a ter uma duração tão longa, que nenhum ser humano seria capaz de suportar tantas horas sentado, olhando fixamente para a tela do computador. O PokerStars resolveu esta questão neste ano, dividindo muitos dos eventos WCOOP em dois dias. O Evento #20 está entre eles.

Então hoje, uma vez que todos os jogadores tomaram seus assentos, todos sabiam que nós não passaríamos das 5 horas da manhã EST. De acordo com os horários de término de alguns eventos WCOOP de um único dia, essa garantia servia apenas como bônus para encorajar as pessoas a se inscreverem. Funcionou: 3.467 jogadores entraram para disputar, criando um total de prêmios de $3.467.000, que facilmente excedeu a garantia de $3.000.000. Uma vez que todos os cálculos estavam prontos, 540 jogadores tinham garantido pelo menos $1.733,59 cada, com aquele que terminasse em primeiro lugar levando $468.045.

Os membro do Team PokerStars Pro compareceram em peso novamente. 28 deles estavam distribuídos entre as 386 mesas que abriram o torneio. Talvez o mais notável dentre aqueles que começavam fosse Barry "barryg1" Greenstein. Greenstein estava bem até às 7:15 da manhã EST, disputando o Evento #18 - $215 H.O.R.S.E., perdendo a mesa final ao terminar em nono lugar. Greenstein também competiu no Evento #19 - $25.500 High-Roller mano-a-mano No-Limit Hold'em, que tornou o dia, muito, muito, muito atribulado e cansativo para "the Bear".

As pilhas iniciais eram extremamente altas – 15.000 fichas com o blind iniciando em 25 e 50 – mas isso não impediu os jogadores de misturá-las logo, com trinta jogadores eliminados no final do Nível 1. Joe Hachem e Barry Greenstein foram dois beneficiados iniciais deste estilo de jogo, com cada um aumentando cerca de 20.000 antes que a primeira hora de jogo estivesse completa. Esses números não estavam nada perto dos 100 melhores na contagem de fichas, mas um torneio de dois dias não é uma maratona. Do lado diametralmente oposto, Chad Brown e John Duthie foram vítimas prematuras, indo embora depois que 100 jogadores foram eliminados.

Greenstein pareceu embriagado com outro grande dia quando subiu para os dez melhores na contagem de fichas ao bater um flush contra Panny3:

Mas é claro, como os professores de física ao redor do mundo explicariam pacientemente (se você permitir), para cada ação, há uma reação igual e oposta. Lee Nelson, Orel Hershiser, Bill Chen e Isabelle Mercier esgotaram tudo, enquanto Greenstein e Hachem escalavam nas contagens.

Noah "Exclusive" Boeken também começou bem, praticamente colecionando a pilha de Greenstein ficha a ficha, enquanto os dois buscavam o título de maior contagem de fichas do Team PokerStars Pros. Ambos superaram as 60.000 fichas ao mesmo tempo, após cerca de três horas de torneio. Hachem estava lutando para se firme manter no caminho, enquanto Katja Thater fez seu primeiro movimento do dia. Thater terminou em 48º lugar no Evento #18, o mesmo torneio $215 H.O.R.S.E. em que Greenstein ficou em nono. Os dois estavam disputando novamente.

Esta não era a única competição. Neste ponto já havia quatro horas de torneio, e quatro Team PokerStars Pros ainda sobreviviam no Evento #19. Bertrand "ElkY" Grospellier, Gavin Griffin, Vanessa "LadyMaverick" Rousso e Victor Ramdin avançaram todos para a rodada de 16. Grospellier e Griffin acabariam se defrontando nas semifinais, com Grospellier avançando para a disputa pelo título e perdendo para o campeão, stevesbets. Ele também avançou para o Dia 2 deste evento – um dia de muito trabalho para Grospellier.

Humberto Brenes, Team PokerStars Pro, teve um dia fascinante. Ao menos duas vezes, ele se viu em all-in, e precisando de ajuda no river para se salvar da eliminação. Nosso tubarão conseguiu o que precisava em ambas vezes e parecia avançar muito melhor que a media nas corridas que fez. Isso não quer dizer que Brenes não realizou um fantástico misto de paciência e agressividade – ele certamente o fez. Mas todos sabem que, para se aprofundar num campo enorme, você precisa ter um pouco de sorte. Brenes certamente foi favorecido por ela algumas vezes.

A bolha se aproximou quando o jogo mudou para o nível 13. Naquele ponto, apenas seis dos vinte e oito Team PokerStars Pros que iniciaram o dia continuavam vivos: Brenes, Hachem, Grospellier, Noah “Exclusive” Boeken, Andre “Aakkari” Akkari e Marcin “Goral” Horecki. Greenstein saiu em 803º lugar depois de correr atrás de áses; O fim de Thater veio quando ela colocou Big Slick para trabalhar contra um oponente e também correu atrás de áses.

Uma vez que a bolha de dinheiro estourou, as eliminações vieram bem rapidamente. 100 jogadores foram eliminados em apenas meia hora quando as pilhas pequenas pareciam dobrar ao desaparecer. Horecki foi um desses jogadores, saindo em 513º lugar. Hachem e Boeken pareciam viciados em longas corridas, chegando próximo aos melhores 100 na contagem de fichas, mas ambos acabaram caindo. Boeken saiu em 350º lugar, quando ele também correu atrás dos ases depois de achar dois pares superiores num pote. Hachem pelo menos bagunçou um pouco a mesa ao ser eliminado em 240º, correndo com seus valetes, perseguindo os reis de diatty.

Mayrinck, Brenes e Grospellier todo estavam entre os últimos 100. Grospellier foi all-in num determinado momento, com Qc-Tc contra seis, mas um dez no river salvou sua vida. Ele então fez mais dois double-ups rapidamente, construindo uma pilha que pôs rapidamente para trabalhar. Mayrinck não foi tão bem-sucedido, indo de 900.000 fichas para o 72º, lugar no intervalo de duas mãos depois que seu set do flop perdeu para uma seqüência do flop, e correu com ás-valetes atrás de ás-dama.

Com os quarenta e três sobreviventes do Dia 1 retomando seus lugares às 16:30 EST de ontem, a ação se reiniciará no Nível 23, com o blind em 12.500 / 25.000 e um ante de 2.500. Brenes e Grospellier estarão entre os sobreviventes, com Brenes ansioso para derrotar seus oponentes com sua enorme pilha, localizada entre as 5 melhores. A contagem de fichas está em torno de 1.209.418. Estes são os jogadores que lideram a contagem:

1. I’am_Sound 3.073.340
2. BJKing 2.851.329
3. QuasiFiction 2.839.907
4. diatty 2.494.279
5. Team PokerStars Pro Humberto "Humberto B." Brenes 2.285.850
6. VuaXiTo 2.217.819
7. Ryan45 2.020.589
8. JSchnett 1.971.915
9. Numbass 1.914.718
10. golfsoc 1.826.196

Team PokerStars Pros:

Humberto "Humbero B." Brenes 2.285.850
Bertrand "Elky" Grospellier 843.805

Como sempre, você pode visitar o PokerStars e ver suas atualizações ao vivo no Blog ao vivo do Evento #20 (em Inglês). Haverá também uma transmissão ao vivo da conclusão deste torneio amanhã, trazido até você pelo PokerStars. Lee Nelson, Gavin Griffin, Vanessa Rousso e John Duthie. Tudo o mais relacionado ao WCOOP pode ser encontrado na página do WCOOP.

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo