A verdadeira força, por Jorge 'Baalim' Limon

*Por Jorge "Baalim" Limon

Recentemente escrevi um post no Facebook que dizia "O Optimismo é para os fracos". Originou muita discussão, questões e reacções, por isso decidi escrever um blog para explicar o que quis dizer com essa declaração contundente.

A maioria das pessoas sentem-se desconfortáveis na incerteza. Estar amarrado aos caprichos do acaso e imerso num mar de caos aterroriza a maior parte de nós e esse medo é a génese da maioria dos dogmas, desde as tradicionais religiões ao optimismo.

O optimismo dá um falso sentido de controlo, na sua obtusa forma de "lei da atracção" pregada por algumas organizações, e também em visões mais pragmáticas que se focam nos ligeiros benefícios psicológicos. Mas o objectivo deste blog não é contrariá-los mas apresentar uma alternativa superior que te vai tornar mais forte não só nas mesas como também na vida.

Jorge_Limon_sept14.jpg

Jorge "Baalim" Limon

Os romanos chamavam-lhe estoicismo, uma filosofia assente na neutralidade, nem pessimiste nem optimista, que se alcança pela absoluta rendição frente a algo fora do nosso controlo. De acordo com os estóicos, tentar controlar o incontrolável é a principal fonte do sofrimento humano.

Mas como se aplica isso ao poker? Bom, sempre que estás all-in numa grande mão dás por ti a pedir "Aguenta!" ou, pior ainda, a prever que vem aí uma bad beat. O que estou a tentar dizer é que simplesmente não deves preocupar-te com o defecho no river. Não interessa se é a mão decisiva do Main Event das WSOP, o resultado continua a ser insignificante. Suar é um desperdício de raciocínio e emoção.

Nós, jogadores de poker, somos abençoados no sentido de que podemos praticar isto várias vezes todos os dias. Experienciamos constantemente pequenas perdas devido a factores fora do nosso controlo e podemos agarrar nessas perdas e exercitar a nossa mente com elas. Por isso, na próxima vez que estiveres all-in, faz as pazes com o resultado final ainda antes de sair a board. Se vier uma carta má para ti não deixarás as emoções apoderarem-se de ti. Não que as suprimas, simplesmente não as sentes. E faz o mesmo quando ganhares. O sentimento de alegria e derrota no poker devem vir antes do river.

Tudo isto é muito mais fácil dito do que na prática. Mas não é tão desnecessário como a pena própria ou a repetição de frases cliché para ti mesmo. É um grande desafio, uma vez que vai contra quase todas as nossas correntes emotivas naturais. Tem a noção de que por vezes vais falhar, mas não há qualquer vergonha nisso.

Pega em ti e segue em frente, pois estás a caminhar para a verdadeira força.

*Jorge "Baalim" Limon é membro da Team PokerStars Online

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo