A trabalhar nos meus vícios, por André Coimbra

Por André 'acoimbra' Coimbra*

Normalmente, escrevo sobre o meu grind, objectivos, desafios ou ideias relacionados com poker, mas hoje vou abrir-me um pouco mais e falar sobre os meus dois maiores vícios e o que estou a fazer com eles!

Vício #1
Se seguiste o meu desafio do ano passado, no qual doei um ano do meu trabalho para caridade, provavelmente deves ter-me ouvido falar da quantidade de café que estava a consumir diariamente...

No início do ano estava a jogar pequenas sessões de Sit & Go's multi-mesas e comecei a beber um expresso a seguir a cada refeição, excepto o jantar. Estava bom e conseguia dormir bem!

acoimbra_cafe_nata.jpg

Mas, depois, comecei a jogar torneios regulares e as sessões tornaram-se cada vez maiores. Comecei a sentir necessidade de mais e mais cafeína para manter-me concentrado e cheguei ao ponto em que isso começou a afectar o meu sono, mas se não bebesse café depois de perder algumas horas de sono não conseguia trabalhar, de todo...

Tornou-se num vício!

acoimbra_multicoffee.jpg

Tentei mudar para chá verde, mas a verdade é que não consigo jogar sessões de 10-12 horas sem um estimulante forte. Será suposto o nosso corpo estar em modo de luta ou piloto automático por um período de tempo tão longo sem qualquer descanso pelo meio?

Posso jogar algumas sessões grandes de tempos a tempos e desfrutar de grandes torneios, mas fazê-lo de uma forma regular não me faz sentir bem e, definitivamente, tenho imenso respeito pelos profissionais que conseguem levar uma vida assim.

Este ano voltei aos Sit & Go's onde faço um punhado de sessões de 1-2 horas com algum descanso entre elas. E uma vez que deixei de ter a necessidade de estar concentrado durante sessões enormes, optei por deixar de beber café!

Comecei por beber um descafeinado sempre que sentia a necessidade de uma pequena melhoria na minha concentração, mas rapidamente deixei de sentir essa necessidade.

Tenho tomado chá verde e, por vezes, preto, e sinto-me muito melhor. Também tenho um sentido mais adequado de quando o meu corpo precisa de descanso e tenho dormido muito melhor.

Vício #2
As pessoas reagem de formas diferentes às downswings e bad beats.

Já deves ter ouvido algumas histórias de como alguns portáteis, monitores, teclados ou outras peças de hardware sofreram na "pele" pelo síndrome de downswing severo. É uma forma razoável de libertar alguma fúria, mas pode ser cara e contraproducente.

Outras pessoas preferem beber, fumar ou drogas leves, mas não sou particularmente adepto de nenhuma delas...

Algum palpite?

Naqueles dias em que tudo corre mal, só quero sentir-me melhor o mais depressa possível e esquecer-me do que aconteceu. Quero satisfação instantânea e para isso existe... o chocolate!

O problema é que quanto mais como, menos eficaz se torna e mais engordo. Durante as minhas maiores downswings, cheguei a engordar 5 kg numa questão de um mês ou dois!

acoimbra_chocolate.jpg

Sinceramente, abdicar simplesmente do chocolate seria demasiado duro para mim, por isso a minha abordagem nesta matéria tem sido racionalizar o consumo. Tenho alguns objectivos a decorrer em 2014, por isso decidi no início do ano que só posso comer chocolate depois de correr e comeria o equivalente a 10% das calorias que queimo a correr.

Não tem muito a ver com os números que escolhi. Provavelmente, 20% ou 5% teriam o mesmo efeito em termos de racionalização, mas penso que é muito importante fazê-lo.

Seis meses depois de começar, posso dizer-vos que não anseio por chocolate por aí além hoje me dia e mesmo que não corra um mês ou dois sinto-me bem na mesma.

As downswings continuam a ser muito stressantes, mas tento restringir-me a coisas saudáveis como massagens, banhos relaxantes, etc...

Posto isto, continuo a comer os 10% a que tenho direito após uma dura corrida! :p

Conclusão
Acho que é importante, de tempos a tempos, parar e pensar no que é bom e mau para a saúde. Café e chocolate não têm mal, mas sempre que tomo demasiado torna-se pouco saudável e é importante procurar alternativas e criar estratégias para voltar a uma vida/dieta saudáveis e equilibradas.

*André 'acoimbra' Coimbra é membro da Team PokerStars Online

Bónus de Primeiro Depósito

Todos os jogadores que façam o seu primeiro depósito na PokerStars têm direito ao nosso depósito de 100% até $600.

Arquivo